Informações sobre hanseníase, causas, sintomas  e tratamento da hanseníase, identificando práticas que possam contribuir para a cura e irradicação deste problema de saúde. Abordamos o preconceito da sociedade para com portadores de hanseníase.


Como se faz o diagnóstico de hanseníase

O diagnóstico da hanseníase é muitas vezes adiado, pois não é normalmente considerado, especialmente em países onde esta doença é rara. Algumas pessoas com hanseníase podem ter um familiar próximo com a doença, mas muitas vezes as pessoas não sabem a origem de sua doença.
Um pedaço de pele descolorida, muitas vezes, mas não sempre, que não provoca qualquer sensibilidade anormal, pode ser o primeiro sinal de hanseníase. Um médico ou enfermeiro irá formular perguntas e procurar por dormência nas mãos ou pés inchados, problemas nos nervos ou nos olhos, feridas ou deformidades nas mãos ou pés, ou alterações na pele que possam indicar a hanseníase. Um médico ou enfermeiro pode fazer uma pequena incisão na pele para retirar uma pequena amostra de fluido sob a pele, para enviar a um laboratório para análise. Se as bactérias que provocam hanseníase, nomeadamente M. leprae forem detetadas na amostra ou biópsia, em seguida, a hanseníase é diagnosticada. Se uma pessoa suspeita que tem hanseníase, deve consultar o seu médico com brevidade para que não ocorram danos graves.
Lembre-se, a hanseníase é curável.

Índice dos artigos relativos a Hanseníase
POSTAGENS POPULARES

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL